Enquete

Qual seu candidato para governar o Estado de São Paulo nos próximos 4 anos?

Edson Dorta (PCO – 29)

João Doria (PSDB -45)

Luiz Marinho (PT – 13)

Major Costa e Silva (DC – 27)

Marcelo Candido (PDT -12)

Marcio França (PSC – 40)

Paulo Skaf (MDB – 15)

Prof. Claudio Fernando (PMN – 33)

Profª Lisete (PSOL – 50)

Rodrigo Tavares (PRTB – 28)

Rogerio Chequer (NOVO – 30)

 

(10/03/2018)

  • Durante audiência pública, na Câmara de Osasco, o secretário da Saúde, José Carlos Vido, disse que cada munícipe que entra em uma unidade de saúde é patrão do servidor público. Além disso, defendeu o atendimento com respeito aos usuários da rede. “Ele tem que ser tratado com respeito porque ele tem o melhor plano de saúde que eu conheço que é carnê do IPTU. É ele quem paga o nosso salário e devemos atendê-lo com respeito, cuidado, carinho e atenção.  E que façamos tudo isso também pelo acolhimento”.

    Por Graciela Zabotto
    Osasco

    Servidores matam “um leão por dia”
    O secretario também reconheceu que o funcionário público da Saúde ‘mata um leão por dia’. “O servidor da saúde é um guerreiro. Hoje temos péssimas condições de trabalho. As unidades não estão bem conservadas, as condições de trabalho são ruins, chove dentro, tem problema elétrico, e ainda assim conseguimos fazer com que os servidores compreendessem que não somos meros funcionários públicos. Nós somos servidores da saúde e quem trabalha nessa área precisa gostar de gente e saber compreender que o cidadão não vai ao Pronto Socorro ou em uma UBS para jogar conversa fora. Ele vai porque precisa”, disse.


    www.webdiario.com.br

Copyright © SINDFESP - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por E-Assis