SINDFESP - SINDICATO DOS FUNCIONÁRIOS DA FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
FILIE-SE
 

ATA DA REUNIÃO CONJUNTA DOS DIRIGENTES DAS ENTIDADES SINDICAIS E ASSOCIATIVAS, REPRESENTATIVAS DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO (09/10/2012)

  • ATA DA REUNIÃO CONJUNTA DOS DIRIGENTES DAS ENTIDADES SINDICAIS E ASSOCIATIVAS, REPRESENTATIVAS DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO, CONSOANTE O DISPOSTO NA LC Nº 12.638/2007 (SINP), REALIZADA AOS QUINZE DIAS DO MÊS DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E ONZE, NO PLENÁRIO TIRADENTES NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA - SÃO PAULO.

    Aos quinze dias do mês de dezembro de dois mil e onze, às dez horas e vinte minutos reuniram-se os dirigentes dos Sindicatos, Associações e Entidades Sindicais e Associativas de segundo grau integrantes do SINP: APAMPESP; ASJCOESP, UNSP-SP; FESPESP, ASSETJ, FESSP-ESP; CPP, UDEMO, CCMI, SINDCOP, AOJESP, AFALESP, AEPESP; APASE um total de catorze sindicatos e associações representativas dos servidores públicos compareceu a  reunião, conforme assinatura na lista de presença. A pauta da reunião se constitui dos seguintes itens: 1) SPPREV; 2) Despacho Governador de 22-11-2011 – Sexta Parte e Licença Prêmio; 3) Outros.Teve iní­cio a reunião sob a presidência do senhor Severiano Garcia Neto, representante da FESSP-ESP e  da senhora Maricler Real, representante da FESPESP. Maricler (FESPESP/ASSETJ) justifica as ausências de José Gozze que se encontra em reunião na cidade de Ribeirão Preto e Diógenes Francisco Marcelino que está em férias. Informa que o presidente do Tribunal de Justiça termina seu mandato em 31/12/2011 e que no dia 07/12/2011, houve eleição para escolha do novo presidente e foi eleito um desembargador da oposição, antigo defensor dos servidores públicos, que tomará posse em 01/01/2012. Informa ainda que o atual presidente chamou para uma reunião e disse que irá pagar dois meses atrasados e mais cinco dias de férias para quem tiver direito, sendo que o pagamento será feito por meio de folha suplementar. Severiano (FESSP-ESP) informa que a Gracia está se desligando do SINP , mas que está passando para a FESSP-ESP. Informa ainda que estão saindo do Conselho de Administração da SPPREV os Conselheiros: Rodolpho Marques Filho como Titular e Zilda Halben Guerra como Suplente; Eugenia Netto de Andrade e Silva Sahd como Titular e José Carlos Gonçalves como Suplente; Luis Carlos dos Santos como Titular e Valdir Suzano como suplente; José Salomão Fernandes como Titular e Vera Lucia Randi Ferraz como Suplente. Do Conselho Fiscal os Conselheiros: Aparecido Manoel Pereira dos Santos como Titular e Isabel Cristina Rother Buhler de Godoy como Suplente; Jacira Costa e Silva como Titular e Maricler Real como Suplente. Maricler (FESPESP/ASSETJ) informa que no Legislativo, conforme indicação anterior foi marcada eleição para a escolha do representante do Conselho de Administração e Fiscal, mas que a eleição foi suspensa, porque a comissão eleitoral não permitiu candidato do Tribunal de Contas. Informa ainda que o judiciário indicou o nome de Maricler Real como Titular e Luiz Carlos de Camargo como Suplente para compor o Conselho Fiscal representando os servidores do judiciário e como proposta sejam indicados um representante da APAMPESP como Titular e um representante do CPP como Suplente para compor o Conselho de Administração.Severiano (FESSP-ESP) informa que recentemente foi realizada reunião na FESSP-ESP e que foi indicado o nome de Maria Clara Paes Tobo como Titular e José Maria Cancelliero como Suplente para compor o Conselho de Administração. Neli (APASE) diz que foi realizada reunião em conjunto com Federação e a decisão da indicação de Maria Clara foi feita pelo trabalho que ela vem realizando junto a SPPREV e também por ser filiada da APASE, UDEMO e CPP e a indicação de José Maria Cancelliero representante do CPP que é uma entidade com muitos filiados. Maricler (FESPESP/ASSETJ) diz que a vaga e de aposentados e a APAMPESP é uma entidade exclusivamente de aposentados. Maria Lucia (CPP) diz que sua entidade agrega 180.000 filiados, sendo 65.000 de aposentados e congrega todas as categorias do magistério. Severiano (FESSP-ESP) diz que a Federação Sindical tem filiados de todas as categorias e foi acertado com a SPPREV que a Maria Clara seria uma ligação entre a Federação e a SPPREV para resolver todos os problemas dos servidores. Neli (APASE) diz na sua entidade 2/3 dos filiados são aposentados e é representativo pela atuação dos Supervisores de Ensino no Estado e que o nome Maria Clara foi indicado pela sua experiência no Sindicato e também por defender os servidores públicos. Severiano (FESSP-ESP) sugere que a indicação para o Conselho de Administração seja feita pelas Federações e pela CUT, o que foi aceito pelo plenário. Maricler (FESPESP/ASSETJ) diz que o Despacho do Governador que estende a sexta parte e a licença premio para os servidores da Lei 500-74 foi discutido na última reunião previa dos conselheiros da SPPREV e foi dito que não está acertado se a Secretaria de origem ou a SPPREV farão os cálculos dos aposentados. Diz também que seria mais prudente discutir o assunto com a Secretaria da Gestão e o Presidente da SPPREV. Severiano (FESSP-ESP) sugere que seja encaminhado para Secretaria da Gestão um ofício solicitando audiência para discutir o assunto. Diz ainda que nesta semana a Assembleia aprovou a Previdência Complementar. Neli (APASE) diz que para discutir a previdência complementar deveríamos ter conhecimento mais profundo e sugere que se fale com o DIEESE para fazer um estudo dos atuais servidores e o que vai acontecer no final de carreira. Agostinho (AOJESP) diz que já foi no DIEESE para tratar desse assunto, mas que o DIEESE não tem muito conhecimento do assunto e nem pessoas especializadas em previdência complementar. Maricler (FESPESP/ASSETJ) diz que temos que discutir num seminário o sistema previdenciário do funcionalismo público, pois o salário do aposentado está sendo achatado. Agostinho (AOJESP) diz que a discussão é política e econômica. Severiano (FESSP-ESP) diz que precisamos fazer um seminário sobre o sistema previdenciário de todos os trabalhadores. Temos que ter um grupo de pessoas para discutir o assunto. Sugere então que o seminário seja realizado do primeiro semestre do próximo ano e definir os nomes dos convidados. Rita (AFALESP) informa que amanhã será realizada a eleição para indicar os nomes dos conselheiros para a SPPREV e que vai incluir os nomes dos representantes do Tribunal de Contas para cumprir a liminar. Eudes (UNSP-SP) diz que nos anos oitenta o funcionalismo estavam todos juntos, com o decorrer do tempo cada Secretaria passou a fazer a sua parte e hoje a separação já existe dentro de algumas Secretarias e com isso é o governo quem ganha. Diz também que o governo vai privatizar todas as Secretarias. Diz ainda que cada poder faz a sua parte. Neli (APASE) diz da necessidade de organização de todas as entidades para ganhar força. E para realizar o seminário devemos procurar pessoas com conhecimento para nosso fortalecimento. Eudes (UNSP-SP) diz a previdência complementar do Estado é cópia do Federal. Severiano (FESSP-ESP) sugere que a próxima reunião seja realizada na segunda quinzena de janeiro e que o seminário seja realizado entre os meses de abril e junho do próximo ano, o que foi aceito pela plenária

    Encerrou-se a reunião às onze horas e quarenta minutos, nada mais havendo a tratar foi lavrada por mim, Gracia Maria Torre, a presente ata, a qual vai assinada por mim e pelo Severiano Garcia Neto,representante FESSP-ESP e  Maricler Real, representante FESPESP. São Paulo, 15 de dezembro de 2011.

    Gracia Maria Torre

    Severiano Garcia Neto – representante FESSP-ESP

    Maricler Real - representante FESPESP

    Fonte: SINP

Copyright © SINDFESP - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por E-Assis