SINDFESP - SINDICATO DOS FUNCIONÁRIOS DA FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
FILIE-SE
 

Odebrechet caminha para delação. Investigação decidirá se expõe todo o “Sistema” (13/03/2016)

  • O herdeiro Marcelo condenado, inicialmente, a 19 anos de prisão. A Odebrechet, como demais empreiteiras, caminha cada vez mais para delação.

    Ímpeto inicial, numa delação Marcelo poderia entregar tudo e todos.

    Mas Marcelo não é herdeiro único. Existe a expectativa do Poder futuro, e interesses em outros 28 países.

    Governos e governantes, em muitos países, temem negócios com empreiteiras que delatam.

    No Brasil há o que entregar além do já exposto em relação a governo e aliados. Que devem Temer.

    Como há o que entregar de grandes e médios protagonistas do Sistema político-partidário-eleitoral.

    É o que indicam, em estágio avançado ou ainda embrionário, milhares de informações, dados e rastros... Coletados nas empreiteiras e bancos, não apenas suíços.

    Como dissemos ao longo de um ano e meio, computadores e documentos das empreiteiras não tratam, é óbvio, apenas do "foco legal", a Petrobras.

    Nesse gigantesco material, digitais das relações de empreiteiras com governadores, prefeitos, senadores, deputados... atuais e ex.

    No Estadão, com sinceridade tardia, o ex-presidente Fernando Henrique disse o que já se sabe. O que de olho no Poder se faz de conta não saber:

    -(...) nosso Sistema político acabou; nossos partidos não querem ou não podem mudar...


    ...Inclusive o dele. O ex-presidente defende uma "mudança nas regras do jogo".

    "Mudança" que não seja mais um "Acordão", ou Farsa, cobra exposição geral das práticas partidárias e eleitorais ilegais.

    Isso dependerá dos que já têm dados de amplíssimo alcance e investigam, interrogam, e interrogarão delatores.

    Que podem alcançar e expor todo "Sistema", ou só alguns de seus braços.

Copyright © SINDFESP - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por E-Assis